11 de agosto de 2011




Banda: Samsas Traum
Álbum: Anleitung zum Totsein
Ano: 2011
País: Alemanha
Estilo: Neoclassical Gothic Metal (Avant Garde)
Metallum

link in comment
link no comentário

Samsas Traum é uma banda Avantgarde originaria da Alemanha e fundada por Alexander Kaschte. Sua musica mistura elementos de dark metal, symphonic metal, Neue Deutsche Härte e cantastoria.

Samsas Traum começou em 1996 quando Alexander lançou sua primeira fita solo demo. Três anos mais tarde o projeto solo virou um grupo com três integrantes e seu primeiro álbum oficial foi ”Die Liebe Gottes - Eine märchenhafte, [“O Amor de Deus – Uma opera black metal”] que dividiu opiniões.

Muita gente disse que Samsas Traum era a melhor novidade do ano, outras o detestaram, até pelo comportamento provocativo de Alexander Kaschte.

A aparição seguinte foi em 2000, com o álbum “O Luna Mein” (Oh, minha Lua) , um disco mais maduro e diversificado com arranjos mais elaborados, instrumentos afinados e um lindo coral. Nesta época Alexander começou a criar sua outra personalidade (alter-ego) sombria chamada de Weena Morloch, que era mais barulhenta e começou a incluir amostras de filmes de horror em suas musicas e shows.

Muitos álbuns foram lançados a cada ano, cada vez mais contendo arranjos no estilo industrial e clássico. Os dois novos álbuns que foram lançados em novembro de 2007 são repletos de coisas velhas e novas. Enquanto o primeiro álbum nos leva a um mundo black metal (“Heiliges Herz - Das Schwert deiner Sonne”), o outro é acústico e muito pessoal (Wenn schwarzer Regen…) .

A edição limitada de ”Heiliges Herz” foi embalada numa espécie de livro e com capa prateada. O livreto com 44 páginas foi confeccionado em papel especial laqueado e contem letras, fotos, comentários e muitas ilustrações exclusivas. Veio um cd bônus com vários remixes de grupos famosos como: Pain, Wumpscut, PAL, L’Ame Immortelle, In Strict Confidence e Ingo Römling. Também incluiu musicas nunca lançadas e material inédito tirado do arquivo pessoal de Alexander Kaschte.

Eu sou doente mental por músicos pertubados que fazem projetos musicais sozinhos! rsrsrs! Mesmo sendo egocêntrigo ao extremo, Alex fez um trabalho devastador demais para deixar passar batido por mim. Denso, muito denso mesmo.Ele está mais limpo nas vozes, não soa agressivo aos ouvidos e estão cantados mais uma vez em Alemão o que deixa a coisa mais impressionante. Recomendo muito, álbum muito lindo e variado.






Antes de comentar marque a caixa 'Publicar no Facebook' por favor!