11 de maio de 2011





Banda: Dibbukim
Álbum: Az A Foygl Un A Goylem Tantsn
Ano: 2011
País: Suécia
Estilo: Yiddish Folk Metal
Metallum

link in comment
link no comentário

Um dos motivos mais legais para mim, é encontrar bandas desconhecidas que irão passar em branco nas revistas e sites especializados, desbravar elas é uma de minhas maiores alegrias quando eu passo o tempo livre na internet. Me deparo com Dibbukim, uma banda que toca e canta na língua (dialeto) Yiddish. Yiddish é uma linguagem de alto-alemão de origem judaica Ashkenazi, falada em todo o mundo. Ele se desenvolveu como uma fusão de dialetos alemães com o hebraico, o aramaico, línguas eslavas e traços de línguas românicas.

A banda é formada por Magnus Wohlfart (Guitars, Bass, Keyboards) super conceituado músico de folk na Suécia e Europa, junto com seu parceiro de banda e vocalista Niklas Olniansky criam esse projeto sem precedentes musicais para mim. Convidaram Ida Olniansky (vocais) e Jacob Blecher (Bateria) para terminar o quadro musical. Quem gosta de estudar linhagens dos nomes saca na mesma hora que todos eles são o que?

A temática é mostrar toda a tradição do povo judeu e como sua cultura é forte onde existir uma comunidade judaica. Eu como estudioso de religiões orientais sou um grande respeitador desse povo tão rico em cultura e convencido, pois eles são convecidos mesmo, melhores músicos, marcas e afins são judeus, pode pesquisar! Além, claro e evidente, de serem os escolhidos por Deus, como dizem. Desfazer por todos os conceitos que tocar e cantar metal pode ser feito por qualquer língua, dialeto ou runa! =)

A musicalidade é bonita e nem um pouco melancólica como devem estar achando pela capa. Animado do começo ao fim com linhas musicais agrupadas nos mais diversos instrumentos musicais judeu lutando bravamente com riffs poderosos de guitarras e pedais duplos bravos! Sem mencionar que as melodias tem uma condução bonita, convincente e prega na cabeça. Recomendo mesmo esse álbum, espero que dê certo e continuem com o projeto, pois mostra mais uma faceta musical e o metal e seus seguidores é que ganham com tudo isso. Recomendo, álbum na lista dos mais bonitos que já postei do Discipline of Steel!





Antes de comentar marque a caixa 'Publicar no Facebook' por favor!

4 comentários:

Ricardo - Barbacena disse...

Caramba, que descoberta legal...

Escutar canções em idiomas "exóticos" às vezes é tão legal quanto um som bem trabalhado... E ainda por cima folk metal...

Até o figurino dos caras é diferente do "convencional" para uma banda folk...

Excelente novidade...

†André† disse...

Carai...

Nunca tinha visto essa lingua..

E novidade pra mim. Baixando pra ve...

Ninguém disse...

E dizem que Metal não é cultura q

descendo! o/

Pikachu Sama disse...

DOWNLOAD